Você está em: Início / Imprensa / Notícias / Acao Ambiental Com Estudantes Busca Revitalizar Nascentes Em Sao Pedro Da Cipa

• Notícias


Ação ambiental com estudantes busca revitalizar nascentes em São Pedro da Cipa

Créditos: Ascom

Estudantes de São Pedro da Cipa estão sendo envolvidos nas ações de um projeto de desassoreamento das nascentes de rios da região, principalmente o São Lourenço. A ação é desenvolvia através da união: prefeitura, Mata Viva, Ação Verde, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), grupo Gazine Câmara de Vereadores, com a meta de replantar matas ciliares.

No último sábado (10.06), alunos do primeiro ano do ensino médio, da escola estadual Irmã Miguelina Corso, participaram de uma força tarefa no plantio de mudas nativas.

Natalia Lorraine (16) acordou cedo e estava bastante empolgada. “Acho que todas as escolas da região precisam ter essa iniciativa. O resultado, que teremos, é bom para os rios e para todos nós”, avaliou

Juventino Campos, que é proprietário de uma das áreas do Laço de Ouro e que cedeu o espaço para a aula de campo, relatou que já havia participado desse tipo de ação e que os resultados são impressionantes.

“Aqui era bem desmatado e a minha nascente havia secado, por um período de dois anos. Depois, que começamos a fazer esse tipo der serviço, ela voltou a encher e não secou mais”, garantiu

A professora de biologia Joseane Borges, que trabalha a ecologia em sala, esclarece que é necessária a conscientização da classe estudantil, de que é possível desenvolver atos de sustentabilidade, que, de certa forma, amenizem os excessivos erros humanos, que degradam o meio ambiente.  

“Se a gente não fizer a conservação adequada, nós poderemos perder o que ainda nos resta. Nossas futuras gerações precisam ter o que temos hoje em grande escala”, explicou.

O diretor de Agricultura, Claudio Francisco, informou que essa parceria educacional teve início no último dia 9 de junho e envolve todas as secretarias da atual administração. “Já plantamos mais de 150 mudas, mas a nossa meta é 5000 arvores até o final do ano”, assegurou

Para o prefeito Alexandre Russi é fundamental esse empenho e união, principalmente da classe estudantil. Ele agradeceu ao comprometimento de todos os parceiros, em especial ao professor Jorge Antunes, um dos principais percursores do Mata Viva.

 ''Estamos tomando as providencias necessárias para salvar as margens e as nascentes do nosso rio. Temos a responsabilidade de implantar esse projeto com a colaboração de todos, para que possamos alcançar o nosso objetivo socioambiental”, 


Publicado em 13/06/2017

Fonte: Ascom


Últimas Notícias

2022 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de São Pedro da Cipa - Mato Grosso - CEP: 78835-000