Você está em: Início / Imprensa / Notícias / Diretorias Da APDM E Coegemas Defendem Fortalecimento Da Assistencia Social

• Notícias


Diretorias da APDM e Coegemas defendem fortalecimento da assistência social

Créditos: Assessoria

Primeiras-damas e gestores sociais de municípios de várias regiões do estado participaram nesta sexta-feira (17) da posse das novas diretorias da Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso – APDM  e do Colegiado Estadual de Gestoras Municipais de Assistência Social – Coegemas. A solenidade foi realizada no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, e contou com a presença de várias autoridades. O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, Neurilan Fraga, foi representado no evento pelo vice-presidente e prefeito de Dom Aquino, Josair Lopes.

A primeira-dama de São Pedro da Cipa, Rafaele Russi, empossada presidente da APDM, ressaltou que há muitos desafios a serem enfrentados, mas a nova diretoria pretende dinamizar as ações e fortalecer  a assistência social dos municípios, por meio de apoio técnico. A gestora lembrou que cerca de 80% das administrações municipais foram renovadas, e isso demanda uma maior atenção da Associação visando a colaborar e ajudar as novas equipes no desenvolvimento do trabalho social.

A realização de capacitações será uma das principais ações da nova diretoria. “Vamos fazer um levantamento para saber as necessidades dos municípios e elaborar propostas de capacitações técnicas. Além disso, pretendemos descentralizar as ações da APDM para que possamos atender os municípios in loco, levando projetos, ações e conhecimento, analisando de perto a realidade local”, assinalou Rafaele.

A ex-presidente da APDM e ex-primeira-dama de Acorizal, Bethania Cruz, agradeceu o apoio da equipe e dos parceiros para administrar a instituição nos últimos dois anos.  “Agradeço também o convite para presidir a Associação, onde aprendi muito e adquiri uma visão diferenciada da assistência social”, frisou, desejando sucesso à diretoria do biênio 2017-2019.

A nova presidente do Coegemas e primeira-dama de Apiacás, Solange Zago, defendeu uma visão diferenciada da assistência social, voltada para quem precisa. Ela agradeceu a confiança e pediu a colaboração dos gestores municipais para desenvolver os trabalhos nesta nova gestão. Ela lembrou que Mato Grosso é conhecido pela sua grande força no agronegócio e lançou o desafio de ampliar os potenciais do estado. “Por que não Mato Grosso também ser um gigante na assistência social?”, questionou.

A ex-presidente do Coegemas, Keli Paniago, agradeceu a colaboração de gestores, instituições e ressaltou que presidir o Colegiado foi um grande aprendizado. “Aprendi muito no Coegemas e sem dúvida não é possível alcançar objetivos sozinho, sem o apoio de parceiros comprometidos”, frisou.

O prefeito de Dom Aquino e representante da Associação Mato-grossense dos Municípios no evento, Josair Lopes, destacou que a AMM vai continuar sendo parceira da APDM e do Coegemas na execução de políticas voltadas para a assistência social. Ele assinalou a importância do trabalho desenvolvido pelas primeiras-damas e gestoras sociais no atendimento aos mais carentes e ressaltou o programa Pró-família, lançado pelo governo de Mato Grosso. “Com esse programa o estado vai ao encontro das necessidades dos mais carentes. Parabenizamos a iniciativa, que vai beneficiar os 141 municípios mato-grossenses”, frisou.

A vice-presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Emília de Oliveira, lembrou a parceria com a APDM para a arrecadação do Fundo da Criança, que possibilita a destinação de parte do Imposto de Renda para a área social. Em 2016 foram arrecadados R$ 1,6 milhão. “Podemos chegar a R$ 5 milhões nesta gestão”, assinalou.

Apoio da bancada – O senador Wellington Fagundes e o deputado federal Nilson Leitão também prestigiaram a solenidade. Fagundes, que foi relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO no ano passado, lembrou que para este ano estão assegurados R$ 75 milhões para a regularização fundiária nas áreas urbana e rural, além de R$ 156  milhões de emenda para atender o Pronto Socorro de Cuiabá e unidades de saúde de Mato Grosso. O parlamentar lançou a sugestão da união da bancada federal para destinar uma emenda para a área social no próximo ano, visando a atender os 141 municípios. A ideia foi aprovada pelas primeiras-damas e gestores sociais.

O deputado federal Nilson Leitão salientou que a Assistência Social talvez seja a pasta de menor orçamento, mas que gera grandes resultados. Ele enfatizou que os municípios devem criar programas e não fazer filantropia. O congressista destacou que os gestores fiquem atentos ao orçamento e realizem ações de acordo com o que determina a legislação, evitando problemas posteriores.

O secretário de estado de Trabalho e Assistência Social, Max Russi, disse que vai acompanhar as ações da bancada e salientou a importância de fontes de recursos para custear as demandas, como centro de idosos, centro de referência da assistência social, entre outros. O secretário lembrou que é necessário o apoio das primeiras-damas e gestores sociais para desenvolver o programa Pró-família, lançado pelo governo do estado com o objetivo de atender as 35 mil famílias mais vulneráveis de Mato Grosso. “Vamos colocar a assistência social como protagonista para mudar a vida dos mais carentes”, assinalou.

Participaram também da solenidade o prefeito de Apiacás, Adalto Zago, de Curvelândia, Sidinei Custódio da Silva, e de General Carneiro, Marcelo de Aquino.


Publicado em 18/03/2017

Fonte: AMM


Últimas Notícias

2022 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de São Pedro da Cipa - Mato Grosso - CEP: 78835-000